Reforma Trabalhista

Três ministros voltarão à Câmara para votar reforma, diz série de notas na coluna do Estadão

» Vapt. Os ministros pernambucanos Mendonça Filho (Educação), Bruno Araújo (Cidades) e Fernando Filho (Minas e Energia) serão exonerados hoje. A “demissão” dura até votarem a reforma trabalhista.

» Vupt. O retorno dos três ministros à Câmara afasta os suplentes contrários às reformas do governo: Severino Ninho (PSB-PE), Creuza Pereira (PSB-PE) e Guilherme Coelho (PSDB-PE).

Relator flexibilizou para garantir ampla vitória, diz nota na coluna do Estadão

» Ok, você venceu. O relator da reforma trabalhista, Rogério Marinho, foi convencido pelo Planalto, na segunda-feira, a flexibilizar seu parecer para que o governo obtivesse vitória mais larga ontem na comissão especial.

Deixe uma resposta