Governo

Viagem de Temer a Caruaru irrita bancada de PE, diz O Globo

Uma série de descontentamentos na bancada de Pernambuco levou o presidente Michel Temer a adiar, para o próximo dia 25, a ida a Caruaru, no agreste pernambucano, onde vai lançar o programa Cartão Reforma ao lado do ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB). O gesto será um aceno ao ministro, o único tucano da Esplanada a não defender publicamente o presidente, num gesto que se estende a todo o partido. Caruaru é uma ilha tucana num estado dominado pela esquerda.

A atitude do presidente irritou especialmente o PSB do governador Paulo Câmara, que faz oposição a Temer, mas reclamou a aliados por não ter sido convidado para o evento. Já parlamentares da base aliada também criticaram, de forma reservada, a atitude do presidente, que, segundo eles, privilegiou “o mais infiel dos ministros”.

O clima piorou depois que Temer se reuniu com deputados da ala pró-governo do PSB, o que irritou dirigentes pernambucanos do partido. Segundo relatos, o presidente teria dito, diante do mal-estar, que era melhor adiar a viagem para que tivesse tempo de “arrumar melhor politicamente” a visita ao estado.

Outra reclamação da ala pernambucana — são 24 deputados em exercício, sendo sete deles do PSB, e três senadores — é que, para afagar o PSDB, Temer lançará um programa “quase irrelevante”. Enquanto isso, de acordo com esta avaliação, persistem a demora em devolver o Porto de Suape para controle do governo estadual e o imbróglio da Hemobrás, fábrica de medicamentos hemoderivados que são distribuídos para o SUS.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, teria como “projeto pessoal”, segundo parlamentares, construir parte da fábrica em Maringá (PR), sua cidade natal e reduto eleitoral. Eles acusam o governo Temer de ser “omisso” ao permitir que Barros “faça o que bem entende”. Segundo deputados da base, a mudança pode gerar prejuízo de US$ 250 milhões para Pernambuco.

Temer acha que é um gesto político, mas é uma afronta — criticou um parlamentar.

Conteudo originalmente postado no Portal :

Deixe uma resposta