Congresso

Jucá pode disputar mandato de deputado, diz nota na coluna Expresso

Cajuzinho

Romero Jucá (PMDB-RR) não descarta disputar as eleições de 2018 como deputado federal, após mais de 20 anos como senador.

O medo de perder o foro privilegiado em razão da Lava Jato é o motivo. Renan Calheiros tinha essa pretensão, mas a candidatura de Renan Filho à reeleição ao governo de Alagoas o impede.

Reformas sairão caras, diz nota na coluna Expresso

Cofrinho

Para tentar sair da pressão da lista do Fachin, o presidente Michel Temer está preparado para atender aos interesses dos parlamentares dispostos a votar as reformas propostas pelo governo. Reuniões com líderes das legendas aliadas estão marcadas para a próxima semana. Só se sabe que sairão caras as tais reformas.

Janot pode continuar no cargo de PGR, diz nota na coluna Expresso na Época

Se colar, colou

O procurador-geral Rodrigo Janot, ventilou a hipótese de tentar um terceiro mandato para não desmobilizar a Lava Jato. Havia procuradores desmotivados diante da possibilidade de que seu eventual substituto não desse a devida importância à investigação. Seja como for, Janot ainda tem chance de continuar no posto.

Acusação de caixa dois pode dar muito trabalho e pouco resultado, avalia Curitiba sobre trabalho da PGR em nota na coluna Expresso

Escorrega?

Curitiba acha que a Procuradoria Geral da República cometeu uma falha estratégica ao imputar o crime de caixa dois nos pedidos de abertura de inquérito, frutos das delações da Odebrecht, entregues ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Investigadores consideram que a PGR deveria ter focado exclusivamente a corrupção. Por que? Caixa dois é um crime com pena menor, que prescreve rápido e dificilmente resulta em punição. Vai dar muito trabalho e pouco resultado.

Tucanos contra Doria no Planalto criticam discurso anti Lula é o que mostra nota na coluna Expresso

Calibragem

Tucanos que não gostam da ideia de ver Doria como presidenciável dizem que seu discurso anti-lulista funciona bem em São Paulo, onde o ex-presidente está com a imagem desgastadíssima. Mas se Doria quiser alçar voos maiores precisará mudar o tom, principalmente no Nordeste.

Marina irrita correligionários com demora, diz nota na coluna Expresso da Época

Cochilo

Correligionários de Marina Silva estão irritados com a demora para ela assumir que será candidata pela Rede Sustentabilidade em 2018. Enquanto isso, outros se cacifam ao Planalto, como o prefeito de São Paulo, João Doria. “Nem Doria se constrange de aproveitar a desgraça de Geraldo Alckmin, um provável candidato”, diz um assessor de Marina.

Deixe uma resposta