Noticias

Fachin abre inquérito contra relator das dez medidas, diz nota no Jogo do Poder no Globo

Vingança

A presença de Onyx Lorenzoni (DEM-RS) na lista de inquéritos abertos pelo ministro Edson Fachin fez a alegria de colegas dele na Câmara. Onyx foi o relator das dez medidas contra a corrupção e comprou muitas brigas com deputados ao retirar do texto a previsão de crime de responsabilidade para os juízes e o Ministério Público.

Câmara pode discutir redução do número de candidatos, diz nota no Jogo do Poder

Corte na raiz

Para baixar os custos das campanhas, ganha força na Câmara a ideia de reduzir o número de candidatos que os partidos podem lançar nas eleições. Hoje, as legendas e coligações podem apresentar até 150% do número de vagas a preencher. Uma das propostas é passar esse limite para um terço do total das cadeiras disputadas.

Planeta Senado é o título da nota abre na coluna Jogo do Poder no Globo

O Senado anunciou ontem a criação do Dia Nacional da Ikebana. Será comemorado em 23 de setembro, entrada da primavera. A votação foi rápida e sem debates. Aconteceu menos de duas horas depois da divulgação da “Lista de Fachin”, os 76 pedidos de inquérito autorizados pelo relator da Lava-Jato no STF que incluem 24 dos 81 senadores — 29,6% do total. Pouco antes, quando a lista era tornada pública, a senadora Lídice da Mata (PSB-BA), conhecida por “Feia” nas planilhas do Departamento de Operações Estruturadas da Odebrecht, suspeita de receber R$ 200 mil da empresa, discursava sobre a importância das festas de São João e do cacau na economia baiana. Romero Jucá (PMDB-RR), o “Caju”, alvo de cinco inquéritos, encaminhou votações com tranquilidade. E o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), o “Índio”, acusado de ganhar R$ 1 milhão, ao deixar o plenário, declarou que assuntos polêmicos ficariam para depois dos feriados. No Planeta Senado, a Lava-Jato e suas listas ficaram do lado de fora do plenário. É lá onde está o mundo real.

Deixe uma resposta