Noticias

Laços de família é o título de nota na coluna do Estadão sobre secretário-executivo do Turismo

Número 2 do Ministério do Turismo desde 2014, o secretário executivo Alberto Alves é sogro do empresário Ricardo Lopes, alvo da Operação Satélites, deflagrada ontem. Alves chegou ao cargo com a ajuda do genro, que é sobrinho do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Sócio da Hypermarcas fala à Operação Lava Jato é o título da nota principal na coluna do Estadão

Oempresário João Alves de Queiroz Filho, o Junior, acionista da Hypermarcas, prestou depoimento voluntário à Operação Lava Jato no qual corroborou informações dadas na delação de Nelson Mello, ex-di- retor de Relações Institucionais da empresa. Mello contou ao MPF que pagava propina a deputados e senadores do PMDB. E disse ter repassado R$ 5 milhões para a campanha do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB- CE), ao governo do Ceará, em 2014, por meio de contratos fictícios firmados com empresas do grupo.

» Defesa. A Hypermarcas e o empresário João Queiroz não comentam o caso. Eunício tem  negado a acusação.

» Pisando em ovos. O governo trata com delicadeza a situação do ministro Osmar Serraglio (Justiça), cita- do na Operação Carne Fraca. Qualquer movimentação mais brusca pode abrir precedentes contra ministros investigados.

Padilha não aprovou exclusão de servidores estaduais, diz nota na coluna do Estadão

» Protesto. Eliseu Padilha (Casa Civil) não participou do anúncio do governo ontem sobre a Reforma da Prvidência. Ficou irritado com a decisão que exclui servidores estaduais e municipais da medida.

Jovair será chamado ao Planalto por terceirização, diz nota na coluna do Estadão

» Memória. Após se colocar contra a proposta de terceirização, o líder do PTB, Jovair Arantes (GO), será convidado para uma conversa no Planalto, que irá lembrá-lo das 40 indicações que fez para a Conab.

Deixe uma resposta