Noticias

Eleição de 2018 vai tirar 21 ministros do governo é o título do abre na coluna do Estadão

A próxima eleição vai tirar mais ministros do governo de Michel Temer do que as denúncias da Operação Lava Jato. De um total de 28, 21 pretendem disputar o pleito no próximo ano e precisam se desincompatibilizar dos cargos em abril de 2018. Deles, 14 são deputados federais e dois são senadores. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu investigação contra seis ministros: Eliseu Padilha (PMDB), Moreira Franco (PMDB), Gilberto Kassab (PSD), Bruno Araújo (PSDB), Aloysio Nunes (PSDB) e Marcos Pereira (PRB).

Mais eficaz.

Como Michel Temer definiu que os ministros envolvidos na Lava Jato só saem se forem denunciados, a desincompatibilização vai afastá-los antes que sejam atingidos.

Alexandre de Moraes toma posse na terça, diz nota na agenda da coluna do Estadão

Quarta-feira, 22

Alexandre de Moraes toma posse como ministro do STF

O ex-ministro da Justiça assume cadeira no Supremo Tribunal Federal um mês após ser aprovado em sabatina no Senado.

Itagiba deve assumir Secretaria no Ministério da Justiça, diz nota na coluna do Estadão

» Na fila. O ex-deputado Marcelo Itagiba (PSDB) é o mais cotado para assumir a Secretaria Nacional de Segurança Pública, vinculada ao Ministério da Justiça.

Advogados acreditam que Lava Jato perca ritmo, diz nota na coluna do Estadão

» Viés de baixa. A expectativa de advogados de defesa é que a Lava Jato em Curitiba deve diminuir de intensidade no segundo semestre. O raciocínio é lógico: o que pode ser maior do que a delação da Odebrecht?

PMDB pode tentar filiar Meirelles e Kassab reage é o que mostra série de notas na coluna do Estadão

» Namoro. Sem opção de candidato para a eleição presidencial de 2018, peemedebistas não descartam tentar roubar o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, do PSD.

» Balde d’água. O PSD, do ministro Gilberto Kassab, reage. Caciques do partido dizem que o PMDB é dividido demais para garantir legenda a Meirelles.

Padilha convoca ministros para discutir Reforma da Previdência é o que mostra agenda na coluna do Estadão

Terça-feira, 21

Eliseu Padilha discute reforma da Previdência com ministros

O chefe da Casa Civil convocou 27 dos 28 ministros para a reunião ministerial. Raul Jungmann (Defesa) está fora.

PSDB quer emplacar Marcus Pestana para relatoria da Comissão de Orçamento, diz nota na coluna do Estadão

» Dobradinha. O PSDB tenta emplacar o deputado Marcus Pestana (MG) relator da Comissão de Orçamento do Congresso. A presidente será a senadora Rose de Freitas (PMDB-ES).

Temer foi convencido de necessidade da reforma política, diz nota na coluna do Estadão

» Me rendo. A reforma Política não estava nos planos do governo, mas se impôs. O presidente Michel Temer foi convencido pelo ministro Gilmar Mendes a incluíla no pacote de reformas que promete fazer.

 

Deixe uma resposta