Noticias

Série de notas no Panorama Político fala sobre transparência da lista de empresas acusadas de trabalho escravo

Ação pela transparência

A Casa Civil terá de intermediar conflito no governo sobre a divulgação da lista suja do trabalho escravo. Em linha contrária ao que defendem o Ministério do Trabalho e a Advocacia-Geral da União, a secretária Flávia Piovesan (Direitos Humanos) promete bater à porta de cada ministro do TST para pedir que decidam pela publicação dos nomes de empresas flagradas com empregados em condição análoga à escravidão.

Múltipla pressão

A divulgação da lista suja do trabalho escravo está suspensa desde que foi questionada no STF por empregadores da construção civil, em 2014. O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, criou um grupo para elaborar novas regras para a publicação. Internamente, tem dito que a lista é “desastrosa para a economia”, já que causa dano à imagem das empresas, que não teriam amplo direito à defesa. Além da pressão na Justiça, Flávia Piovesan irá à Casa Civil, com a ministra Luislinda Valois (Direitos Humanos), insistir que o governo compre a briga pela divulgação. “É um retrocesso no combate a esse crime. Descumpre compromissos internacionais”, diz Piovesan.

Interesse de Serra pode ser governo de SP, diz nota no Panorama Político

AMIGOS DE José Serra não veem em seu desânimo uma inapetência pela política. Ao contrário. Dizem que ele quer voltar ao Palácio dos Bandeirantes.

HDs para delações movimentam Congresso, diz nota no Panorama Político

Pânico

O fato de a imprensa ter providenciado HDs para receber no STF o conteúdo das delações da Odebrecht abalou o Congresso. Durante todo o dia assessores do tribunal foram procurados para confirmar a data da divulgação, esperada apenas para a semana que vem.

Deixe uma resposta