Noticias

PSOL pede a Janot que investigue Padilha, diz o Estadão

A bancada do PSOL na Câmara protocolou anteontem uma representação contra o ministrochefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, na Procuradoria-Geral da República. Segundo o líder do partido, deputado Glauber Braga (RJ), o partido pede a apuração das informações prestadas pelo ex-assessor da Presidência José Yunes ao Ministério Público Federal de que serviu como “mula” do ministro ao receber, em seu escritório em São Paulo, um “pacote” do operador financeiro Lúcio Funaro, que está preso. Padilha, que está de licença médica, também foi citado na delação do ex-executivo da Odebrecht Cláudio Melo Filho.

A representação será analisada pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot.

O Planalto e a assessoria do ministro da Casa Civil informaram que não se pronunciariam sobre a iniciativa do PSOL.

Licença. Padilha deve ter a licença médica estendida em pelo menos uma semana. Boletim divulgado ontem pelo Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre (RS), informou que, embora ele apresente “melhora progressiva do seu quadro de saúde”, não há previsão de alta.

O ministro foi submetido a uma cirurgia para retirada da próstata, no último dia 27. Seu retorno ao Planalto está previsto, agora, para o dia 13.

Deixe uma resposta