Noticias

Depoimento de Odebrecht tratará de campanha de 2014, diz o Globo

DELATOR NO TSE

Empresário falará hoje em Curitiba; expectativa é se ele confirmará informações sobre Temer dadas por outro executivo da construtora. Melo Filho relatou que Temer havia negociado “direta e pessoalmente” com Marcelo Odebrecht, numa reunião no Palácio do Jaburu, em maio de 2014, dois meses depois do começo da Lava-Jato. Entre os peemedebistas do núcleo do governo, também foram citados o ministro licenciado da Casa Civil, Eliseu Padilha, o ministro da SecretariaGeral, Moreira Franco, e o ex-presidente do Senado Renan Calheiros.

Enquanto os advogados do PT trabalham na linha de que não houve irregularidades na campanha de 2014 ao Planalto, a defesa do PMDB insiste na tese de separação das contas da presidente e do vice-presidente, o que poderia livrar Temer de uma condenação eleitoral. Nos próximos dias, estão agendados ainda outros quatro depoimentos de executivos da Odebrecht. Amanhã, será a vez de Benedicto Barbosa da Silva Junior e Fernando Reis, no Rio.

Conteudo originalmente postado no Portal :

Deixe um Comentario