Noticias

Auditoria da CGU mostra que União retirou dinheiro dos Correios mesmo com a empresa em prejuízo, diz série de notas no Painel da Folha

Tudo que tinha  Auditoria da CGU nos Correios mostra como a retirada em massa de dinheiro da empresa pelo governo contribuiu para deixar a estatal em maus lençóis. De 2011 a 2013, foram repassados quase R$ 3 bilhões ao então governo Dilma Rousseff.

Até o que não tinha A União solicitou em 2013 a antecipação de R$ 300 milhões em dividendos, ou 97% do lucro no ano. Descobriu-se depois, porém, que os Correios tiveram na verdade prejuízo — e não lucro a distribuir.

Deu no que deu Os auditores notam no documento que, em 2015, a empresa já recebia menos do que gastava. E o caixa, dilapidado pela União nos anos anteriores, estava à míngua. Em 2016, os Correios registraram novo prejuízo, de R$ 2 bilhões.

Delator ligado a Odebrecht é visto em locais badalados de SP, diz série de notas no Painel da Folha

No bolo Quando confirmou a homologação das delações da Odebrecht, o STF disse se tratar de 78 colaboradores. É que, além de 77 executivos da empresa, o grupo baiano incluiu Fernando Migliaccio, um dos responsáveis pela “diretoria da propina”.

Vida boa Denunciado por lavagem de dinheiro, Migliaccio deixou o Brasil com a eclosão da Lava Jato rumo aos EUA. Acabou preso tempos depois na Suíça. Retornou ao país com o acordo em negociação avançada. Desde então, costuma ser visto em locais badalados de São Paulo.

Deixe uma resposta