Noticias

Série de notas no Panorama Político mostra debate sobre novas regras no Panorama Político

Assunto de família

O PSDB do Senado quer ressuscitar a permissão para parentes e cônjuges de políticos com mandato aderirem ao programa de repatriação de recursos. Na semana passada, a Câmara retirou da proposta essa autorização. A Casa fez a mudança só no fim da sessão, devido à péssima repercussão na opinião pública. O líder tucano no Senado, Paulo Bauer (SC), um dos defensores da ideia, diz que parentes de políticos não podem ser prejulgados como criminosos.

Provocação

Renan Calheiros (PMDB-AL) vai defender hoje a divulgação dos nomes de todos os beneficiados pela Lei da Repatriação, aprovada no ano passado. Está na pauta do Senado projeto que prevê uma nova rodada e permite que o dinheiro volte ao país com descontos nas multas devidas à Receita Federal. Renan sabe que não tem chance. O Senado só poderá manter o texto aprovado pela Câmara ou restabelecer o original. O senador é autor da proposta e conhece o regimento da Casa como poucos. A ideia, defendida por ele até nas redes sociais, foi interpretada pelos colegas como mera provocação.

Deixe uma resposta