Noticias

‘Sigamos em frente’, diz Aécio, após incidente em avião é o título de matéria no Globo

Um avião que transportava o senador Aécio Neves (PSDB-MG) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na noite da última quinta-feira. Ninguém se feriu.

A aeronave alugada pelo partido, segundo a assessoria do senador, decolou de Brasília deixando para trás uma parte do pneu. Inicialmente, a previsão era de que pousasse no aeroporto de Congonhas, na capital paulista, mas por causa do problema o piloto pediu autorização para pousar em Guarulhos, que tem uma pista maior.

Na descida, o trem de pouso principal, que fica debaixo da asa esquerda da aeronave, quebrou, fazendo com que o avião saísse da pista ao pousar.

REUNIÃO COM EX-PRESIDENTE

A bordo da aeronave estavam Aécio e a tripulação, que passam bem. De acordo com a assessoria do senador tucano, ele viajou a São Paulo para se reunir com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Sigamos em frente — disse o tucano, ao deixar o Instituto Fernando Henrique Cardoso, na tarde de ontem.

O senador afirmou ainda que, apesar do susto, “felizmente não houve maiores consequências”. O tucano mostrou-se pouco à vontade para falar sobre o incidente e confirmou apenas que nunca havia passado por tal experiência.

Em nota, a Líder, empresa de táxi-aéreo proprietária do avião, informou que a aeronave teve uma indicação de pane no trem de pouso. “Seguindo todos os protocolos de segurança previstos para esta ocorrência, a tripulação decidiu aterrissar em Guarulhos. Após o pouso, a aeronave, já em velocidade reduzida, ultrapassou o limite da pista”.

A Líder informou ainda que as causas do incidente serão apuradas e que toda a manutenção e documentação da aeronave, um BAE125-800B fabricado pela americana Raytheon, estavam em dia.

Deixe uma resposta