Análises

Reformas só no segundo semestre

Reformas segundo semestre - Equilibre Analises

A aprovação da reforma da previdência na Comissão Especial, primeiro teste da proposta, desaconselha comemorações mais efusivas por parte do governo. A vitória na Comissão era esperada e nenhum placar dentro daquele fórum espelharia a real viabilidade da emenda em plenário. O acidentado caminha da reforma da previdência ainda terá rodadas com estresse elevado para  o governo Michel Temer.

Aos contrário de outras comissões técnicas e permanentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, a Comissão Especial não reproduz a proporcionalidade dos 513 deputados em sua composição. Por ser uma Comissão emblemática, seus integrantes são selecionados pelos líderes em razão do grau de lealdade ao governo. Ainda assim, para se chegar ao placar de 23 a 14, o governo obrigou partidos aliados a promover substituições de rebeldes, que sempre deixam traumas políticos e ressentimentos.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório