Análises

Governo ainda tem que conquistar votos de aliados para aprovar Previdência

Governo conquistar votos aliados aprovar Reforma Previdência
Escrito por Ricardo Santa Ritta

A Reforma da Previdência não está salva, mas possui forte indicativo de que pode ser aprovada após a votação da Reforma Trabalhista. Isso porque pelos levantamentos prévios que foram colhidos em diversas pesquisas com Parlamentares, nota-se uma mudança de perfil na hora da votação. O Governo tende a deduzir que deputados acompanhem indicações de bancada, quando estas buscam posição fechada, diminuindo defecções.

A diferença entre a Reforma Trabalhista e Previdenciária terá dois fatores: o quorum qualificado e o impacto social; a Trabalhista foi um Projeto de Lei, a maioria simples de 257 Deputados garantiriam aprovação. Já a Previdenciária é uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que demanda 3/5 do colegiado ensejando 308 votos favoráveis para ser aprovada.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório