Análises

Planalto perde na Câmara logo após demonstrar otimismo para aprovar Reforma da Previdência

Planalto perde Câmara demonstrar otimismo aprovar Reforma da Previdência

Embora tenha dado demonstrações de forte articulação política – no domingo de Páscoa, Temer reuniu suas equipes política e economia -, o governo sofreu outro duro revés na Câmara dos Deputado, horas após ter reunido 180 deputados e ensaiar um discurso excessivamente otimista em relação à viabilidade da Reforma da previdência. 

O pedido de urgência da Reforma Trabalhista, que ao contrário da Reforma da Previdência, não possui fortes focos de pressão contrários, foi derrotado por 230 votos a favor contra 163. Seriam necessários 257 votos favoráveis. Faltaram 27.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório